Em outros tantos quartos da terra

 

Em outros tantos quartos da terra

R$34,90Preço

É assunto do corpo (e da memória) o que acontece neste quarto. Neste e em outros tantos quartos da terra. Aqui é o lugar da carne (e do espírito) onde se faz o poema. Agora, o instante sem tempo de uma tarde ou uma noite que nunca termina, um instante de abril ou agosto que existe sempre em estado de desejo.

O poema como um porvir dos amantes tem algo de Kaváfis, aquele que já disseram ser “o mais erótico dos poetas gregos”, não por acaso um poeta que Pedro Gonzaga constantemente frequenta. Também ele, Pedro, tem sua Alexandria numa Porto Alegre de batalhas ancestralmente humanas que ainda são travadas por um pouco de beleza. Também Pedro tem sua Alexandria numa terra de estradas em que se comunicam passado e presente, homens a cavalo e estrangeiros, o adolescente de ontem e novas “feras do jardim da infância”, crianças do novo século.

Pedro cultiva no poema a vida da cidade e, dentro dela, quartos cheios de palavras suspensas. Em seus versos, o bairro suburbano da infância, muralhas de Constantinopla, um cinema destruído, uma praia de Troia, a casa materna, becos, cafés e hotéis, muitos hotéis. Em seus versos, a juventude é uma “província distante”, o passado, “um país que se apaga”, e a memória, esse território algures, esse dia de chuva ou essa primavera onde o poema se hospeda com as coisas de ferro do cotidiano e outras coisas, que são belas: as asas de um inseto produzindo um som de presságio num canto da sala, uma estrela no alpendre, um anjo no apartamento.

Como seu poeta grego predileto, também ele, Pedro, sabe ser multifacetado: irônico sobre falsas glórias literárias; inefável sobre a eterna hora de dois corpos se amando; percuciente sobre as feridas da época. De uma Porto Alegre que lhe fala da alma das cidades e seus homens, do recinto de prazeres da memória que é o poema, Pedro Gonzaga nos dá mais um livro, seu terceiro de poesia, desses que nunca se deixam fechar completamente.

Por Mariana Ianelli

Terceiro Livro de poesia do autor.

© 2020 por Tainá Henn

Escritor Pedro Gonzaga

Rua Dr. Possidônio da Cunha, 309 Vila Assunção, Porto Alegre

(51) 99805-6864 ou pg.escreva@gmail.com