Um poema sempre atual

avanço


a cada dia

em meu país

uma nova arma

mais primitiva

que a anterior